Legal e Políticas

Entidade de dinheiro electrónico

Provedor de serviços de pagamento do cartão e conta euros da Bit2Me

Informação geral

PECUNIA CARDS EDE, S.L.U. é uma instituição de dinheiro eletrónico supervisionada pelo Banco de Espanha e registada com o número CSB 6707, cujo nome comercial é "PECUNPAY".

PECUNIA CARDS EDE, S.L.U. é o emissor e gestor da conta de cartão e pagamento Bit2Me. Se tiver algum problema relacionado com o funcionamento do cartão, entre em contacto com o provedor de serviços de pagamento através do seguinte endereço de e-mail: servicioatencioncliente@pecuniacards.es.

Leia atentamente as condições do nosso provedor de serviços de pagamento.

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO "CARTÃO"

As condições gerais e particulares, que são detalhadas abaixo, regulam a relação entre PECUNIA CARDS EDE, S.L.U. (doravante “PECUNPAY”), com domicílio em C / Guzmán El Bueno, no 133, Edifício América, Bajo B, 28003 - Madrid e o proprietário (doravante, “PROPRIETÁRIO”), em relação aos serviços financeiros descritos no mesmo.

1. Condições Gerais

1.1. CONDIÇÕES GERAIS DA CONTRATAÇÃO

As partes concordam que as cláusulas contidas neste contrato devem ser consideradas condições gerais de contratação, para os fins indicados na Lei 7/1998, de 13 de abril, Condições Gerais de Contratação..

PECUNPAY, na qualidade de predispositor, informou expressamente e previamente o TITULAR, como aderente, da existência das condições gerais relacionadas neste documento.

O TITULAR declara que conhece as condições, que as entende e que, consequentemente, aceita a incorporação delas no contrato.

O TITULAR declara que age em seu próprio nome e direito e compromete-se a fornecer à PECUNPAY a documentação, fotografias e informações que esta possa razoavelmente solicitar para cumprir as suas obrigações regulamentares.

Uma vez que o TITULAR tenha completado o procedimento acima e aprovado nas nossas comprovações internas, o cartão será emitido.

1.2. DURAÇÃO E RESOLUÇÃO DO CONTRATO

Este contrato terá duração indeterminada, sem prejuízo da data de vencimento nos cartões emitidos ou em qualquer outro meio de pagamento que a PECUNPAY disponibilize ao TITULAR. Iniciando o relacionamento no dia em que a PECUNPAY confirma que o seu serviço foi aprovado.

Exceto nos casos em que o TITULAR tenha contratado com a PECUNPAY diversos produtos cuja gestão é necessária para manter uma conta de pagamento aberta ou nos casos determinados por regulamento, o TITULAR poderá, a qualquer momento, denunciar o contrato, notificando-o por escrito. endereçado à PECUNPAY, sem aviso prévio. Nesse caso, a PECUNPAY procederá ao cumprimento da ordem de rescisão do contrato dentro de 24 horas após o recebimento da solicitação do TITULAR. A PECUNPAY procederá ao reembolso ao TITULAR pelo saldo remanescente que possuía, uma vez aplicadas as comissões e despesas correspondentes até a data da resolução.

A resolução do contrato será gratuita para o TITULAR, a menos que o contrato esteja em vigor há menos de seis meses.

PECUNPAY pode rescindir o presente Contrato, comunicando-o ao TITULAR com um aviso mínimo de sessenta dias corridos.

Não obstante o disposto acima, a PECUNPAY pode rescindir o contrato, sem aviso prévio, no caso de haver razões objetivamente justificadas relacionadas à segurança do instrumento de pagamento, suspeita de uso não autorizado ou fraudulento do mesmo.

Para os fins deste contrato, entende-se por:

  • Resolução: A ineficácia do presente contrato. Em consequência da violação de uma das partes, nasce o direito de solicitar a anulação do contrato, reparando os danos sofridos.
  • Desistência: Faculdade de uma das partes para rescindir o contrato celebrado, sem a necessidade de justificar a decisão.

1.3. DESISTÊNCIA DO CONTRATO

O TITULAR terá um prazo de 14 dias corridos para desistir do contrato, sem indicar os motivos e sem nenhuma penalização.

O prazo para exercer o direito de desistência começará a contar a partir do dia da celebração do contrato.

No entanto, se o consumidor não tiver recebido as condições contratuais e as informações contratuais, o prazo para exercer o direito de desistência começará a contar no dia em que ele receba as informações acima mencionadas.

O TITULAR que exerce o direito de desistência deve notificar o fornecedor nos termos previstos no contrato, antes do final do período correspondente, por um procedimento que permita que a notificação seja registada de qualquer forma permitida por lei. Considera-se que a notificação foi feita dentro do prazo, se for feita em suporte de papel ou em outro suporte durável, disponível e acessível ao destinatário e enviada antes do final do prazo.

1.4. SUSPENSÃO

A PECUNPAY pode suspender temporariamente os serviços prestados, bem como qualquer meio de pagamento associado a eles, como resultado do não pagamento do TITULAR, por motivos de segurança, por falta da documentação solicitada ou por suspeita de práticas não autorizadas ou TITULAR fraudulento.

Quando as causas que motivaram a suspensão desaparecerem, proceder-se-á à reativação do serviço ou os meios de pagamento.

1.5. MODIFICAÇÃO DO CONTRATO

A PECUNPAY poderá modificar as condições estabelecidas no presente contrato.

As modificações serão publicadas no site da PECUNPAY e, além disso, os usuários serão informados por email no endereço de email correspondente. No entanto, eles não serão aplicáveis ​​até sessenta dias decorridos do envio do email correspondente.

Se as novas condições forem benéficas para o TITULAR, a PECUNPAY poderá prever a sua aplicação automática após a sua publicação no site corporativo.

Se o TITULAR, após conhecer as novas condições, as rejeitar, poderá denunciar o contrato com trinta dias corridos, notificando a PECUNPAY de acordo com as disposições da secção 1.7 destas condições gerais. A denúncia, portanto, deve ser feita antes da aplicação das novas condições para que elas não sejam aplicáveis a si. Considera-se que o TITULAR aceitou a modificação das condições em questão no caso de não comunicar à PECUNPAY a sua não aceitação antes da data proposta de entrada em vigor.

1.6. CONDIÇÕES ECONÓMICAS: COMISSÕES E GASTOS

Serão aplicadas as comissões e despesas estabelecidas nas Condições Particulares aplicáveis ​​a cada um dos diferentes produtos e serviços contratados. As referidas comissões e despesas, para cada um dos diferentes produtos e serviços, serão explicitamente informadas na brochura de tarifas relacionada a cada produto e serviço em vigor a qualquer momento.

1.7. NOTIFICAÇÕES

As comunicações, notificações e documentação a realizar em virtude do presente Contrato serão feitas ao TITULAR no endereço e/ou e-mail fornecido por este para esse fim.

As comunicações que o TITULAR deve efetuar serão feitas por e-mail para o endereço do Serviço de Atendimento ao Cliente: atencionalcliente@pecuniacards.es.

O TITULAR compromete-se a notificar a PECUNPAY sobre alterações de domicílio, endereço de e-mail e número (s) de telefone de contacto, através dos meios disponibilizados pela PECUNPAY, para esse fim ou mediante a sua atualização, e deve suportar qualquer perda que ocorre devido ao envio de informações inválidas, incorretas ou imprecisas.

1.8. SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

Os TITULARES podem formular queixa ou reclamação perante o Atendimento ao Cliente PECUNPAY. O documento será enviado por e-mail para o seguinte endereço: servicioatencioncliente@pecuniacards.es.

Tudo isto de acordo com as disposições do Regulamento do Defensor do Cliente PECUNPAY, disponível para os TITULARES no site da empresa.

1.9. REGISTO DAS COMUNICAÇÕES

O TITULAR autoriza a PECUNPAY a registar por gravação, computador, meio eletrónico ou outro meio, todos os dados, consultas, circunstâncias dos contratos e operações que realiza por meio de qualquer serviço sem contacto presencial. O TITULAR pode solicitar uma cópia dos mesmos à PECUNPAY.

1.9.1. TRATAMENTO DE DADOS DE CARÁCTER PESSOAL

Em conformidade com o Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de abril de 2016, relativo à proteção de pessoas singulares no que diz respeito ao tratamento de dados pessoais e à livre circulação desses dados, também A partir da Lei Orgânica 3/2018, de 5 de dezembro, sobre Proteção de Dados Pessoais e garantia de direitos digitais, o TITULAR aceita a incorporação dos dados pessoais fornecidos neste contrato ou através da navegação nas páginas Site da PECUNPAY e, em geral, aqueles fornecidos durante a relação contratual, às atividades de tratamento da PECUNPAY para o cumprimento da relação contratual, o exame e a verificação de dados, para o desenvolvimento e gestão de programas de fidelidade, a notificação de qualquer tipo de incidente que possa surgir durante a relação contratual, a comunicação de possíveis modificações nas condições do contrato e, em geral, aqueles que afetam o uso do cartão, entre outros aspectos, sendo legitimados para ele com base na execução do contrato. Os seus dados serão mantidos durante a execução deste contrato e, posteriormente, até à prescrição de possíveis responsabilidades legais.

O TITULAR será responsável pela veracidade e precisão de todos os dados fornecidos à PECUNPAY.

A responsabilidade pelo arquivo é PECUNIA CARDS EDE, S.L.U.

O TITULAR pode exercer os direitos de acesso, retificação, oposição, cancelamento, revogação, limitação, portabilidade e oposição a decisões automatizadas por escrito à PECUNPAY, com endereço na rua Guzmán el Bueno, 133, Edificio América, Bajo B, 28003, Madrid. ; ou por e-mail para o seguinte endereço: datos@pecuniacards.es.

Os seus dados podem ser divulgados a terceiros. Especificamente, para entidades relacionadas ao setor financeiro e entidades de processamento de cartões bancários. A referida atribuição é feita para fins de gestão operacional dos nossos terminais, bem como para gerir a operação de autenticação segura do cliente. No entanto, a qualquer momento, você pode revogar seu consentimento escrevendo para PECUNPAY.

A PECUNPAY pode verificar as informações fornecidas pelo TITULAR, avaliar as suas operações e verificar a sua solvência. Para isso, terá o poder de recolher, comunicar, solicitar e trocar informações sobre o status das suas contas, outros arquivos de solvência ou registos públicos, com entidades financeiras, empresas de avaliação de crédito e prevenção de fraudes, bem como o Banco de Espanha. A PECUNPAY pode consultá-los periodicamente. Tais medidas são necessárias para a PECUNPAY, a fim de realizar as consultas pertinentes para cumprir a sua obrigação de análise sobre fraude, prevenção de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo.

1.10. PREVENÇÃO DE BRANQUEAMENTO DE CAPITAIS E FINANCIAMENTO DO TERRORISMO

O TITULAR é informado das obrigações legais a pagar à PECUNIA CARDS E.D.E. S.L.U. (“PECUNPAY” a seguir) na área de prevenção de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo, relativa à identificação do TITULAR e da propriedade real, estrutura acionária ou controle no caso de o TITULAR ser uma pessoa jurídica, atividades econÓmicas, profissionais ou empresariais, origem dos fundos, bem como a exigência de aplicar as medidas de due diligence estabelecidas em todos os momentos pela legislação vigente, entre outras aquelas relacionadas ao conhecimento e monitorização contínua da relação de acordo.

Consequentemente, o TITULAR deve fornecer, em tempo útil, todas as informações e documentação que possam ser solicitadas pela PECUNIA a qualquer momento para o cumprimento das obrigações acima mencionadas.

Caso o TITULAR seja uma pessoa física e, a menos que seja declarado de outra forma, o TITULAR declara expressamente que age contra a PECUNPAY em seu próprio nome e direito, reconhecendo-se, para todos os efeitos, como o TITULAR REAL do seu relacionamento com a PECUNPAY.

Para esses fins, além disso, o TITULAR concorda expressamente em assumir as seguintes obrigações, autorizações e medidas derivadas da aplicação dos regulamentos sobre prevenção de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo:

  1. O TITULAR autoriza a PECUNPAY a solicitar a qualquer entidade - pública ou privada - informações sobre a identidade ou atividade realizada pelo TITULAR;
  2. O TITULAR deve notificar a PECUNPAY sem demora de qualquer variação que ocorra na sua identificação, na identificação da propriedade real, participação acionária ou estrutura de controlo, bem como nas atividades económicas, profissionais ou de negócios realizadas;
  3. O TITULAR aceita que, no caso de não cumprir devidamente os requisitos estabelecidos pela PECUNPAY para o cumprimento das obrigações estabelecidas em matéria de prevenção de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo ou riscos relacionados aos regulamentos de referência, a PECUNPAY poderá bloquear a operação do(s) cartão(ões) e resolver a relação contratual que vincula as partes.

2. CONDIÇÕES PARTICULARES DE CONTRATAÇÃO

2.1. CONCEITO

O cartão PECUNPAY, sob as suas diferentes formas (a seguir denominado “cartão”), é um cartão MASTERCARD ou VISA pré-pago, que permite ao TITULAR obter bens e serviços profissionais nos estabelecimentos que aceitam cartões MASTERCARD ou VISA e também possui , com um dispositivo Terminal de ponto de venda (POS).

Da mesma forma, este cartão permite que o TITULAR efetue compras pela Internet, desde que o site acedido suporte esse meio de pagamento, caso em que estará sujeito às condições nele estabelecidas.

O saldo do cartão não acumulará, em nenhum caso, juros ou qualquer outro tipo de remuneração a favor do TITULAR.

2.2. TITULARIDADE DO CARTÃO

A PECUNPAY detém a propriedade dos cartões que emite com carácter pessoal. O seu TITULAR será uma pessoa singular ou coletiva, cuja identidade deve aparecer no próprio cartão, exceto se o produto contratado for um cartão-presente, instantâneo ou virtual.

2.3. EMISSÃO DO CARTÃO

O TITULAR autoriza a PECUNPAY a emitir um cartão financeiro vinculado a uma conta de pagamento atribuída em nome do TITULAR, exceto se o produto contratado for um cartão-presente, instantâneo ou virtual.

A conta de pagamento está associada ao cartão e a outros suportes eletrónicos, para que qualquer operação realizada por esses meios seja refletida na conta.

Se o TITULAR solicitar cartões adicionais, cada cartão será associado a uma nova conta de pagamento. A solicitação pelo TITULAR de um ou mais cartões adicionais implicará o consentimento do mesmo em relação às cobranças que a PECUNPAY faz na sua conta de pagamento como resultado das transações e provisões feitas com os referidos cartões adicionais.

2.4. VALIDADE DOS CARTÕES

O cartão terá validade limitada até a data que figura no mesmo.

Preenchido o formulário e efetuado o pagamento e, depois de aprovado internamente dentro de um período estimado de 10 dias úteis, o usuário receberá o cartão.

No caso de renovação do cartão, após a data de vencimento, um novo cartão será enviado ao cliente, trinta dias corridos antes dessa data, aplicando as condições de renovação aplicáveis em cada caso nas condições particulares do mesmo.

O cartão renovado será emitido com um novo número de cartão, que manterá o mesmo relacionamento com a conta de pagamento original e, portanto, manterá as suas condições de uso e saldo disponível na conta.

Não obstante o exposto, a PECUNPAY reserva-se o direito de cancelar ou modificar a data de validade dos cartões durante o seu período de validade, bem como de não renová-los quando expirarem, O TITULAR perde todos os direitos relacionados ao seu uso.

2.5. OPERAÇÕES

O uso do cartão estará de acordo com as instruções de uso estabelecidas pela PECUNPAY no presente contrato e no seu próprio site, sem prejuízo do poder da PECUNPAY de modificar essas instruções de uso. As modificações serão notificadas ao PROPRIETÁRIO e publicadas no site correspondente a cada produto. Serão aplicados os sessenta dias corridos após a sua publicação, salvo indicação expressa em cada caso.

Cada operação será registada pela PECUNPAY e o TITULAR poderá aceder a essas informações através da página da web correspondente a cada produto (secção "área do cliente"), exceto se o produto contratado for um cartão presente, instantâneo ou virtual, caso em que o saldo disponível do cartão será fornecido pelos meios estabelecidos pela PECUNPAY.

A validade da disposição feita será presumida de acordo com a fatura, recebimento de telefone de dados, terminais eletrónicos para registo e / ou autorização de operações, leitura de sua faixa magnética ou chip eletrónico ou qualquer outro meio de identificação estabelecido nas condições de uso do cartão, mesmo quando a exibição do seu documento de identidade nacional, número de identificação pessoal ou assinatura não for necessária. As mesmas consequências serão aplicáveis no caso de vendas sem contacto (Internet).

Presume-se o uso efetivo do cartão para o mero registo da transação nos arquivos do computador PECUNPAY.

As operações realizadas pelo TITULAR serão consideradas autorizadas quando este tiver dado consentimento, por qualquer um dos canais estabelecidos, para o uso dos meios de pagamento contemplados nessas condições gerais e particulares.

2.6. LIMITES DO CARTÃO

Para o uso do cartão pelo TITULAR, este poderá estabelecer um limite na quantia, além da qual ele não estará disponível, sem a sua autorização expressa. Da mesma forma, o TITULAR pode estabelecer limites à disposição do seu cartão, em cada movimento ou por determinados períodos (dias, semanas, meses, anos ...).

O valor total máximo das operações que podem ser realizadas a qualquer momento será determinado pelo valor disponível na conta, bem como pelos limites de disposição em dinheiro estabelecidos nos caixas eletrónicos, pelos limites para transações em lojas e, do mesmo modo, as provisões e recebimentos de caixa da rede privada serão limitados.

A PECUNPAY reserva-se o direito de bloquear o uso de um instrumento de pagamento por razões objetivamente justificadas relacionadas à segurança do instrumento de pagamento, suspeita de uso não autorizado ou fraudulento do mesmo.

2.7. ORDENS DE PAGAMENTO

O TITULAR autoriza expressamente a PECUNPAY a lançar na conta de pagamento as operações realizadas pelo TITULAR quando este tiver consentido. Fica entendido que o TITULAR consentiu com a operação, quando realizada por qualquer um dos canais fornecidos pela PECUNPAY, entre os quais a utilização do seu cartão, número do cartão ou PIN, sem caráter restritivo.

O ordenante pode retirar o consentimento a qualquer momento antes da data de irrevogabilidade referida nos artigos 36 e 52 do Real Decreto-Lei 19/2018, de 23 de novembro, sobre serviços de pagamento e outras medidas financeiras urgentes. No entanto, se o TITULAR não detiver o status de consumidor ou microempresa nos termos especificados no Real Decreto-Lei 19/2018, de 23 de novembro, não pode retirar o consentimento.

Da mesma forma, os TITULARES aceitam que a conta de pagamento sirva como suporte contabilístico para realizar operações usando qualquer meio de pagamento associado a ela.

Todos os que forem devidamente autorizados pelos TITULARES da mesma ou que sejam responsáveis por qualquer uma delas serão aceites como débitos da conta.

Quando uma ordem de pagamento não for executada ou for executada com defeito, o PECUNPAY atuará de acordo com o disposto no artigo 60 do Real Decreto-Lei 19/2018, de 23 de novembro.

2.8. RECARREGAMENTOS

O TITULAR deve satisfazer antecipadamente a quantia suficiente à quantia a recarregar. Os cartões podem ser recarregados quantas vezes desejar, até ao limite atribuído pelo TITULAR, exceto se o produto contratado for um cartão-presente, instantâneo ou virtual, em que uma única recarga possa ser feita.

O TITULAR pode recarregar o cartão através dos seguintes canais:

  1. No aplicativo móvel BNEXT.
  2. Por transferência bancária.
  3. Em dinheiro, nos pontos de cobrança ativados no PECUNPAY.
  4. Através de qualquer outro procedimento que possa ser estabelecido pelo PECUNPAY.

2.9. DISPOSIÇÃO DE EFETIVO

A retirada de dinheiro da conta implicará, por um lado, a transformação prévia do dinheiro eletrónico da conta em dinheiro e, por outro lado, a entrada relevante na conta de pagamento do TITULAR.

A conta de pagamento pode não refletir um saldo negativo derivado das operações realizadas pelo TITULAR, portanto será obrigado a ter um saldo suficiente para cada operação solicitada.

Se, por qualquer motivo (por exemplo, mas não por limitação, algum erro técnico atribuível à PECUNPAY ou a qualquer um dos seus fornecedores externos), o TITULAR tiver um saldo negativo na sua conta de pagamento, ele concorda em recarregar imediatamente o valor necessário para corrigir o saldo negativo. Esses valores expiram sem aviso prévio. Caso contrário:

  1. A PECUNPAY pode exercer o seu direito a compensação, o que implicará a alienação de saldos contabilísticos ou qualquer outro tipo de ativo em nome do TITULAR, derivado do presente contrato ou de qualquer outro relacionamento legal que una as partes.
  2. PECUNPAY pode iniciar um procedimento de estorno para qualquer transação específica que leve a um saldo negativo na sua conta de pagamento;
  3. A PECUNPAY pode tomar medidas de cobrança de dívidas que incluem, entre outras, o envio a uma agência ou advogado de cobrança de dívidas ou a apresentação da reclamação em tribunal. A PECUNPAY reserva-se o direito de cobrar ao TITULAR pelas despesas razoavelmente incorridas em relação a quaisquer esforços de cobrança ou conformidade;
  4. Se PECUNPAY solicitar que você complete uma sobretaxa para corrigir um saldo negativo e o TITULAR não o faça dentro de 7 dias úteis, você autoriza o início de uma transação de pagamento pelo valor do saldo negativo (ou o equivalente em outra moeda) ) de um dos seus cartões armazenados ou contas bancárias de usuários.

2.10. CONSULTA DE SALDO

O TITULAR pode verificar o saldo disponível do cartão no aplicativo móvel BNEXT, bem como pelos meios apropriados quando disponíveis, exceto se o produto contratado for um cartão-presente, instantâneo ou virtual, nesse caso, é fornecido pelos meios que a PECUNPAY disponibiliza ao cliente a qualquer momento.

Nenhum estabelecimento ou estabelecimento comercial poderá informar sobre o saldo do seu cartão.

2.11. VERIFICAÇÃO DE IDENTIDADE

O TITULAR concorda em cooperar com todos os pedidos feitos pela PECUNPAY ou por qualquer um de seus provedores de serviços externos em seu nome em relação à sua Conta, para identificar ou autenticar a sua identidade ou validar as suas fontes de financiamento ou transações. Isso pode incluir, entre outros, solicitar informações adicionais que permitam à PECUNPAY identificá-lo razoavelmente, inclusive exigir que você tome medidas para confirmar a propriedade do seu número de telefone ou instrumentos de pagamento ou verificar as suas informações em bancos de dados de terceiros ou através de outras fontes.

A PECUNPAY reserva-se o direito de encerrar, suspender ou limitar o acesso à sua conta de pagamento e / ou aos serviços de pagamento, caso você não consiga obter, verificar essas informações ou não atender às suas solicitações. conforme estabelecido no parágrafo anterior. A PECUNPAY pode verificar confidencialmente as informações fornecidas pelo PROPRIETÁRIO ou obter informações sobre ele ou de terceiros em bancos de dados seguros. O TITULAR confirma que dá o seu consentimento à PECUNPAY ou a terceiros em seu nome para realizar essas verificações.

O TITULAR deve garantir que as informações da sua conta estejam sempre precisas e atualizadas. Se, a qualquer momento, a PECUNPAY acreditar que as suas informações estão desatualizadas ou imprecisas, pode entrar em contato com o TITULAR e solicitar mais informações ou solicitar que eles passem pelo processo de verificação novamente. A PECUNPAY não se responsabiliza por qualquer perda resultante da falta de manutenção de informações atualizadas.

2.12. MENORES DE IDADE OU PESSOAS COM CAPACIDADE LIMITADA

Menores de idade sujeitos a tutela e, em geral, com capacidade limitada para agir, devem expressar essa circunstância e, por sua vez, exibir a documentação que lhes permite obter a cartão.

A PECUNPAY não será responsável pela violação desta obrigação na medida em que tiver observado as precauções legalmente exigidas para verificar a identidade e as circunstâncias do TITULAR.

2.13. UTILIZAÇÃO NO ESTRANGEIRO

Para o débito dos valores decorrentes da utilização do cartão no exterior, a alteração para euros será aplicada à moeda do país de origem da transação correspondente ao dia em que a PECUNPAY satisfez o valor da operação.

O câmbio para euros aumentará nas comissões que a PECUNPAY estabeleceu para as operações realizadas no estrangeiro.

O TITULAR estará sujeito à legislação vigente que regula os limites estabelecidos pelas autoridades monetárias competentes para despesas no exterior, bem como ao regime de controlO cambial e às declarações que ele é obrigado a fazer. O TITULAR será responsável pela violação dos referidos regulamentos e a PECUNPAY não poderá ser responsabilizada. As despesas incorridas, conforme o caso, devem ser justificadas pelo TITULAR perante as autoridades que a exigirem, e a PECUNPAY não pode ser responsabilizada por qualquer violação do TITULAR.

2.14. NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO PESSOAL (PIN)

Com a emissão do cartão, a PECUNPAY fornecerá um Número de Identificação Pessoal (PIN), que o TITULAR, no seu caso, pode modificar e que será exigido em qualquer uso do cartão pelo fornecedor do bem ou serviço, a fim de provar que é seu legítimo TITULAR.

O referido PIN será solicitado pelo TITULAR através do aplicativo Bnext ou do site correspondente a cada produto, na secção "área do cliente", exceto quando o produto contratado for um cartão-presente, instantâneo ou virtual; nesse caso, serão fornecidos pelos canais que a PECUNPAY disponibiliza ao cliente em cada caso.

Se o identificador exclusivo fornecido pelo usuário do serviço de pagamento estiver incorreto, o provedor não será responsável pela não execução ou execução incorreta da operação de pagamento.

2.15. OBLIGAÇÕES DO TITULAR

O TITULAR obriga-se a:

  1. Cumprir as condições de uso estipuladas no presente contrato e, em geral, usar o instrumento de pagamento de acordo com as condições que regem sua emissão e uso.
  2. Admitir como documentos justificativos das operações aquelas anteriormente relacionadas, realizadas pelo TITULAR ou por terceiros, com ou sem autorização deste.
  3. Notificar imediatamente a PECUNPAY de qualquer irregularidade nos registos de operações que aparecerem realizados com o cartão.
  4. Responder à veracidade e manter seus dados atualizados.
  5. Cumprir, em tempo e forma, os requisitos estabelecidos pela PECUNPAY.
  6. Assinar o cartão imediatamente se houver um espaço habilitado para esse fim.
  7. Garantir a segurança do uso e disposição do cartão, principalmente, manter em segredo o Número de Identificação Pessoal e, em geral, qualquer credencial de segurança personalizada.
  8. Notificar imediatamente a PECUNPAY da perda, extravio, roubo, apropriação indébita ou falsificação do cartão através dos telefones listados no próprio cartão.
  9. Destruir ou entregar à PECUNPAY o cartão que expirou ou foi substituído.

2.16. OBRIGAÇÕES DA PECUNPAY

PECUNPAY obriga-se a:

  1. Anular os cartões caducados e os que foram denunciados por terem sido destruídos, roubados ou extraviados.
  2. Manter em segredo o Número de Identificação Pessoal.
  3. Informar os TITULARES da operação, o status das contas e extratos, dos movimentos efetuados através do cartão e resolver quaisquer dúvidas que possam surgir.
  4. Abster-se de enviar instrumentos de pagamento que não foram solicitados, exceto no caso de um instrumento de pagamento já entregue ao usuário dos serviços de pagamento ser substituído.
    Essa substituição pode ser baseada na incorporação, no instrumento de pagamento, de novas funcionalidades, não expressamente solicitadas pelo TITULAR. Esta substituição será feita gratuitamente para o TITULAR.
  5. Garantir a disponibilidade de meios adequados e gratuitos que permitam ao usuário dos serviços de pagamento a comunicação em caso de perda, roubo ou apropriação indevida do instrumento de pagamento ou uso não autorizado.
  6. Garantir a disponibilidade de meios adequados e gratuitos que permitam ao usuário dos serviços de pagamento solicitar o desbloqueio ou a substituição do instrumento de pagamento, caso as razões para o bloqueio do seu uso tenham cessado.
  7. Impedir qualquer uso do instrumento de pagamento depois do usuário o notificar sobre perda, roubo ou uso não autorizado do instrumento de pagamento.

2.17. ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE

A PECUNPAY estará isenta de responsabilidade com relação às operações que, mesmo que contra a vontade do pagador, tenham sido realizadas como consequência de um pedido recebido pela PECUNPAY para cuja autenticação os requisitos de segurança estabelecidos foram cumpridos..

O uso do PIN por uma pessoa que não seja o TITULAR pressupõe negligência grave ou, quando apropriado, fraude pelo mesmo.

A PECUNPAY, sem prejuízo da adoção das medidas que julgar apropriadas, está isenta de responsabilidade em caso de falta de atenção ao seu cartão por qualquer empresa, banco e caixa eletrónica comprometida com a venda de mercadorias ou a prestação de serviços ou incidentes tipo técnico ou operacional em caixas eletrónicas.

A PECUNPAY também permanecerá alheia a incidentes e responsabilidades que possam surgir da operação realizada entre o estabelecimento e o titular do cartão.

A PECUNPAY exclui, do âmbito da sua aplicação, a Política de Responsabilidade Zero com Visa, sujeita aos regulamentos europeus atuais sobre o assunto.

O regime de responsabilidade do pagador será aplicado no caso de operações de pagamento não autorizadas que, em cada caso, regulem a legislação aplicável sobre o assunto. Especificamente, o TITULAR que não tiver status de consumidor ou microempresa nos termos estabelecidos no Real Decreto-Lei 19/2018, de 23 de novembro, sobre serviços de pagamento e outras medidas urgentes em questões financeiras, será obrigado a suportar as perdas derivados de operações de pagamento não autorizadas resultantes do uso de um instrumento de pagamento perdido, inapropriado ou apropriado por terceiros, desde que não relate a perda, roubo ou apropriação indevida do instrumento de pagamento à PECUNPAY.

2.18. REEMBOLSO

A PECUNPAY reembolsará, a qualquer momento, exclusivamente a pedido do TITULAR, o valor monetário armazenado na sua conta de pagamento. Em qualquer caso, o TITULAR deve enviar à PECUNPAY um pedido de reembolso juntamente com o original do cartão através dos canais habilitados para esse fim.

A moeda eletrónica, por padrão, será reembolsada mediante a emissão de um novo cartão de moeda eletrónica, de acordo com a taxa de comissão aprovada pela PECUNPAY, em nome do TITULAR, a menos que este indique o contrário, caso em que o TITULAR assumirá as despesaas gerado como resultado do resgate e comissões acumuladas.

Nos casos em que o TITULAR solicite o reembolso do mesmo e isso não ocorra mediante a emissão de um novo cartão, o emissor receberá uma comissão pelo reembolso refletida nas condições particulares de cada produto, bem como qualquer tipo de despesa gerada como consequência do processamento e execução do reembolso. O emissor somente pode receber as referidas comissões quando o contrato determinar uma data final e o TITULAR rescindir o contrato antes dessa data.

Não obstante o disposto acima, o pagador não terá direito a reembolso quando:

  1. o pagador deu o seu consentimento para que a transação de pagamento seja executada diretamente ao prestador do serviço de pagamento, e
  2. o prestador do serviço de pagamento ou o beneficiário forneceu ou disponibilizou ao pagador, na forma acordada, informações sobre a operação de pagamento futuro pelo menos quatro semanas antes da data programada.

Além disso, a PECUNPAY será excluída no caso de operações de pagamento não autorizadas, se o instrumento de pagamento for usado anonimamente ou se o provedor de serviços de pagamento não puder, por outras razões intrínsecas ao próprio instrumento de pagamento, demonstrar como autorizada a operação de pagamento, observado o disposto no artigo 34.2.a) da Lei 19/2018.

Da mesma forma, a PECUNPAY não precisaria demonstrar, nesses casos, que os pagamentos efetuados foram feitos por uma ordem autêntica, se o instrumento de pagamento for usado anonimamente ou se o provedor de serviços de pagamento for incapaz, por outras razões intrínsecas do próprio instrumento de pagamento, para demonstrar que a operação de pagamento foi autorizada, conforme determinado no artigo 34.2.b) da Lei 19/2018.

2.19. CONSULTA DE EXTRATOS E MOVIMENTOS

A PECUNPAY é exclusivamente responsável pela veracidade e precisão das informações relacionadas aos extratos de conta geridos por ela e nunca pelas informações que qualquer outra empresa ou terceiro fora da PECUNPAY possa fornecer ao TITULAR, por qualquer meio, no caso de haver discrepâncias nas informações solicitadas.

3. LEI APLICÁVEL E SUBMISSÃO À JURISDIÇÃO

Este Contrato será interpretado e cumprido nos seus próprios termos e, no que não estiver previsto, será regido pela legislação espanhola sobre o assunto, ajustando-o às obrigações e responsabilidades das partes.

As partes submetem à jurisdição dos Tribunais de Madrid Capital qualquer dúvida sobre a interpretação, cumprimento ou execução do presente Contrato, renunciando expressamente a jurisdição adequada que possa corresponder a elas, a menos que o TITULAR possua o status de consumidor , nesse caso as regras de determinação da concorrência regulamentadas na legislação vigente serão aplicadas.

E como prova de conformidade, as partes assinam o presente Contrato de Prestação de Serviços de Dinheiro Eletrónico.

4. Taxas

LAs taxas aplicáveis em cada caso são relatadas no momento da contratação no site https://www.pecunpay.es/soy-particular/ da Entidade de Dinheiro Eletrónico PECUNIA CARDS E.D.E., S.L.U. empresa constituída em Madrid, com sede na Rua Guzmán El Bueno, nº 133 - Edifício América - Bajo B - 28003 Madrid (Espanha) e C.I.F. B86972346, sendo este último aplicável em caso de contradição, que as partes intervenientes declaram receber ou conhecer este ato e aceitar.

“PECUNIA CARDS EDE, S.L.U.” NIF: B86972346 Inscrita no Registo Mercantil de Madrid: T. 43345, F. 58, H. B, Inscripción 1ª Registo do Banco de Espanha: 6707

0

Chat online!

Necessitas de ajuda?

+34 910 91 37 88

Estamos disponíveis. Podes ligar-nos.

Agora não estamos disponíveis por telefono, mas podes escrever-nos e iremos entrar em contacto.

  • Segunda 
  • Terça 
  • Quarta 
  • Quinta 
  • Sexta 
  • Sábado 
  • Domingo 

Abre a tua conta hoje mesmo, GRÁTIS

Acede a toda a suite, sem custos de abertura nem custos de manutenção.